quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Veja 3 dicas para fazer uma boa redação no Enem 2014



Fonte: Universia

A redação representa uma grande parte da nota do Enem, portanto é essencial que você consiga escrever um bom texto para garantir a sua vaga na universidade dos sonhos. Você está preocupado com a qualidade da sua escrita? Siga as seguintes dicas e garanta um bom desempenho:

1 – Não repita palavras

Textos com palavras que se repetem são cansativos e, geralmente, pouco criativos. Quando você perceber que está usando muito uma palavra específica, pense em sinônimos para ela e a substitua. Sua redação ficará mais fluida.

2 – Mudou de assunto? Mude de parágrafo

Suponha que você está fazendo uma redação cujo tema é educação e deseja abordar o ensino infantil e o superior. Cada uma tem as suas características, portanto é essencial que você separe os dois temas em parágrafos diferentes. Isso fará com que o seu texto fique mais claro e conciso.

3 – Cuidado com os sinais de pontuação

Uma boa redação não é construída só com palavras, mas também com sinais de pontuação, como os pontos finais e vírgulas. É fundamental que você saiba usá-los nas horas certas, porque é isso que fará com que o seu texto fique organizado e faça sentido ao avaliador.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Vida de Estudante é...


Sua tarefa é descobrir o seu trabalho e, então, com todo o coração, dedicar-se a ele.
- Buda -

É sempre tempo de se aprimorar.
Você precisa de uma constante reciclagem. Então invista nisso!

.




Beber água pode aumentar sua nota nas provas

Fonte: Universia

Beber água durante uma prova melhorar notavelmente os resultados obtidos, de acordo com conclusões de um estudo das universidades de East London e Westminster, no Reino Unido. Na pesquisa, os estudantes universitários mais antigos eram mais propensos a levar uma garrafa de água aos exames. Já os primeiro-anistas ou os que estavam com dependência de matérias levavam menos água às provas.

Em seguida, os cientistas demonstraram, por meio de uma série de experimentos, que a relação não era casual: os alunos que bebiam e se hidratavam durante a prova eram também aqueles que obtiam melhores notas.

Os pesquisadores atribuem essa diferença de desempenho a 2 fatos relacionados com a água: primeiramente, ela tem um efeito fisiológico sob o cérebro, o que melhora a capacidade de racionalização e pensamento.

Além disso, a água alivia a ansiedade e o estresse, comuns durante uma prova de conhecimento e que têm efeitos negativos na nota final.

Os investigadores britânicos incentivam a prática e reforçam a importância dos professores transmitirem o hábito de trazer uma garrafinha, não só aos exames, mas às salas de aula também.

Essa é uma dica rara para o Enem, já que ele é uma prova estressante e cansativa. A água reanima o cérebro. 

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Como fazer que uma criança tímida fale na sala de aula

Escrito por Kenneth W. Michael Wills Traduzido por Débora Santos
Fonte: EHow


Todo pai e professor vislumbra um aluno modelo, que seja entusiasmado na sala de aula, como a criança que levanta a mão pra responder a cada pergunta ou a menina que não consegue resistir a entrar em grupos de música e apresentações na frente da classe. Ainda assim, nem todas as crianças se aproximam da sala de aula com tanta vontade. Algumas são reservadas, enquanto outras são extremamente tímidas na sua natureza. Quando se trata de interação com os outros ou quando se aproxima de uma situação que a coloca no centro das atenções, ela hesita ou até resiste completamente. Essa criança simplesmente prefere ficar na dela.

Instruções


  1. 1
    Resista à tentação de rasgar o envelope. Quanto mais você pressionar o seu filho a sair da sua concha, forçando-o a fazer as coisas do seu jeito ao invés do dele, isso geralmente criará mais resistência e afastamento. A ideia aqui é ir com paciência no caminho de incentivar o seu filho a adotar uma natureza mais extrovertida.
  2. 2
    Use estratégias que lentamente introduzam o seu filho à situações e experiências novas. Uma pesquisa conduzida pela Duke University recomenda permiti-lo fazer um aquecimento com estranhos; ajude-o a testar situações sociais em um ambiente seguro através da atuação; e também faça com que seu filho pratique situações sociais com você e outro membro da família que ele se sinta confortável.
  3. 3
    Converse com o seu filho. Discuta sobre pessoas que são modelos para ele e que tiveram que superar a timidez para realizar seus sonhos. Existem muitas pessoas que servem de referência e que tiveram que vencer a timidez nos seus caminhos para atingir suas metas. O website Shake Your Shyness é dedicado a ajudar as pessoas a vencer a timidez e fala sobre muitas figuras públicas e como elas lutaram contra a timidez.
  4. 4
    Explique para o seu filho que a timidez é uma coisa normal da vida, mas que existem soluções para isso. Tenha em mente que as crianças se afastam de situações sociais por conta de experiências ruins, como uma situação de bullying contínua por parte de outros alunos. Envolver-se com o seu filho continuamente pode te ajudar a perceber logo situações como essa e ajudá-lo a resolver o problema.
  5. 5
    Eduque os professores do seu filho. A personalidade dos professores tende a inclinar-se para os alunos extrovertidos. Isso significa dizer que eles tem dificuldade em se identificar com a timidez. Ajude os professores do seu filho a entenderem a personalidade dele, explicando a sua timidez e dizendo-lhes como lidar com isso na sala de aula.
  6. 6
    Dê aos professores do seu filho livros sobre timidez, fornecendo a eles dessa forma a oportunidade de aprender mais sobre esse assunto através de especialistas. De acordo com o médico Lynne Henderson, diretor da Shyness Clinic (Clínica da Timidez), você precisa ajudar os professores a entenderem que uma criança tímida que tem muito potencial, irá deixar de ter experiências enriquecedoras se faltar-lhes apoio social, mas que o reconhecimento e a empatia irão estimular a sua motivação.
  7. 7
    Fazer com que seu filho se envolva em atividades que ele gosta, pode ajudá-lo a vencer a timidez. Converse com ele sobre seus interesses e matricule-o em atividades extracurriculares, como artes marciais ou aulas de música. Crianças capazes de realizar algo, sentem uma sensação de empoderamento que passa por todos os aspectos da vida, inclusive situações sociais.
  8. 8
    Incentive seu filho a também ajudar uma criança mais nova com as atividades de casa ou desportivas, para a praticar a competência social e ganhar um senso de autonomia.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Eu amo meu curso ♥


Sou apaixonado(a) pelo que faço! 
Se você tem a certeza que este é o curso da sua vida, compartilhe com seus amigos.